10 erros de Web Design prejudiciais à sua conversão

Nos dias que correm e face à importância que o digital assume no processo de compra de produtos, é comum sentir a necessidade de ter presença online para divulgar os seus produtos/serviços.

A jornada online, tanto para grandes companhias, ou para pequenas e médias empresas começa, naturalmente, pela criação de um website. Um bom website é capaz de proporcionar credibilidade e autoridade à marca, estabelecer uma relação mais próxima com os clientes e claro, gerar conversões.

Criar um website, sem um profissional a seu lado, pode ser algo complicado. Criar um website envolve técnicas de know-how que pode não dominar, principalmente conhecimentos sobre como proporcionar uma experiência de navegação agradável ao utilizador, ao invés de perder clientes e reputação.

Ao entrar no processo de criação de websites existem vários erros relativamente a Web Design e dificuldades em criar um website que seja apelativo e responsivo e que, ao mesmo tempo, traga retorno e registe uma melhoria na conversão.

Veja os erros de Web Design mais comuns que prejudicam o tráfego, a geração de leads e o número de vendas:

  1. Não ter um Design centrado na experiência do utilizador

Um dos primeiros fatores a ter em conta é a experiência de quem visita o seu website. Está provado que o utilizador forma a sua opinião nos primeiros segundos da experiência. É com base nesta opinião que o utilizador permanece ou abandona o seu website. Deste modo, é importante que o utilizador perceba, a priori, que o propósito da empresa e a interação com a mesma é simples, intuitiva, fluída e eficiente.

  1. Falta de conteúdo relevante e que vá ao encontro das necessidades do utilizador

Ao criar o website é importante apoiar-se numa estratégia de Marketing de Conteúdo. Para além de ser importante transmitir os valores do seu negócio, é importante ter em mente quais as dúvidas, necessidades e objetivos do utilizador para conseguir produzir conteúdo que vá ao encontro destes parâmetros.

Saiba mais sobre Marketing de Conteúdo aqui

  1. Uso incorreto ou escasso de CTA’s

Os Call-to-action ou, vulgarmente, designados CTA’s, são autênticas portas de entrada para aumentar as taxas de conversão. Contudo, a falta deste tipo de elementos ou o seu uso indevido é um erro comum e pode ser prejudicial. Porquê? Porque se forem aproveitados de forma correta, levam o utilizador a proceder a determinadas ações (“saiba mais”; “contactar”; “comprar”; “subscrever”; etc). Use os CTA’s associados a uma boa estratégia de conteúdo que suporte a decisão do utilizador.

  1. Design não responsivo

A existência de um design que não seja responsivo faz com que o utilizador desista rapidamente da sua navegação. Aposte num design que seja facilmente navegável nos mais variados dispositivos é uma mais-valia para a sua reputação e para a experiência do utilizador. Em 2019 a Google anunciou que todos os websites novos, antes desconhecidos para a pesquisa da Google, são indexados primeiro em versão mobile, pelo que, ao criar um website novo é indispensável ter em conta a otimização do design para mobile.

  1. Carregamento lento

A velocidade de um website nunca deve ser desvalorizada, muito pelo contrário. Segundo um estudo da Think with Google, uma espera de 10 segundos até ao conteúdo carregar na sua totalidade aumenta a taxa de abandono em 123%. Neste sentido, é imperativo ter em conta a velocidade de carregamento do seu website, socorrendo-se de técnicas de otimização (por exemplo, de imagens) que permitam que o conteúdo seja carregado até aos 3 segundos. Só assim conseguirá impedir o clique no botão “retroceder” e proporcionar uma boa experiência aos visitantes.

  1. Falta de transparência relativamente ao RGPD

Desde que a questão do RGPD – Regulamento Geral da Proteção de Dados, começou a fazer parte das nossas vidas, é fundamental ser transparente no que toca à privacidade do consumidor. A existência de uma página de política de privacidade e utilização e cookies são fundamentais para dar ao consumidor a confiança que ele necessita sobre os seus serviços.

  1. Páginas de contactos e/ou formulários de difícil acesso

Não fornecer ao consumidor um caminho fácil para aceder aos contactos da sua empresa é um grande erro de Web Design que deve ser evitado, a todo o custo. Não é o utilizador que deve fazer um esforço para encontrar as informações sobre os contactos que permitam a realização de uma chamada ou o envio de um e-mail. Há que ter em conta que o objetivo da conversão através da navegação do utilizador cabe inteiramente à Empresa. Ou seja, a Empresa deve maximizar os seus esforços para conseguir realizar tal objetivo. Os contactos da sua Empresa devem estar visíveis de forma a serem encontrados pelos utilizadores em poucos segundos após a entrada na sua página.

  1. Inexistência de um Certificado SSL

Não possuir um website que seja considerado “seguro” tanto pelos seus utilizadores, como pelos motores de pesquisa é algo que deve ser evitado, pois acabará por prejudicar a sua credibilidade. Este parâmetro é de cumprimento obrigatório independentemente do objetivo do website, contudo, em websites e-commerce, este parâmetro ganha outra importância. Ou seja, em e-commerce onde o objetivo é proceder a compras, a não existência de um Certificado SSL faz com que o utilizador não se sinta confortável com a partilha de dados pessoais exigidos.

  1. Falha na otimização SEO

Tal como referido anteriormente, o conteúdo é fundamental para proporcionar uma experiência positiva ao utilizador. Aliar um design intuitivo e apelativo à criação de conteúdo otimizado através das boas práticas de SEO (Search Engine Optimisation) pode fazer com que o seu website alcance melhores resultados de posicionamento no que toca a motores de pesquisa. É importante saber que as regras do SEO são mutáveis. Ou seja, não existe uma regra mágica que garanta para sempre este posicionamento, contudo existem alguns fatores que devem ser tidos em conta e que ajudam a classificação dos motores de busca – keywords, meta-descrições, títulos, backlinks, entre outros.

  1. Não testar opções

Quando estamos muito embrenhados na realização de um projeto, é comum não conseguirmos distanciar-nos o suficiente para proceder a uma análise imparcial. Nesse sentido, é importante que pergunte a pessoas fora do projeto qual a sua opinião. Tente obter opiniões e sugestões perto dos seus clientes habituais. Pergunte-lhes o que acharam do design, do conteúdo textual e da experiência de navegação. Quem sabe se não ficará, agradavelmente, surpreendido com as opiniões e/ou sugestões que possam surgir!

 

Um website é a “cara” do seu negócio no mundo digital. É essencial transmitir todos os seus valores e compromissos, alinhados com o que pratica no mundo offline. Tendo em vista a conversão, fidelização de clientes e maximização de vendas, é obrigatório apresentar um website que esteja bem estruturado e otimizado.

Nesse sentido, caso necessite de serviços de Web Design, de raíz ou análise e restruturação de websites, não hesite. Não adie mais o seu sucesso no digital. Entre em contacto com os nossos especialistas.